Pesquisar este blog

Substâncias e Misturas II


Substância pura

Substância pura (ou simplesmente “substância”) é um tipo de material composto por moléculas idênticas ou átomos iguais em toda sua extensão. A água, por exemplo, é uma substância pura composta por moléculas de H2O. Cada molécula dessa é considerada água pois essa unidade química preserva todas as propriedades as substância chamada água. Aliás, a molécula em si é a menor partícula de uma substância pura que preserva as suas propriedades químicas.
Cada substância se caracteriza por propriedades físicas e químicas que funcionam como suas identidades. Como propriedades físicas temos: ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade, cor e dureza, por exemplo. Entre as propriedades químicas podemos destacas reatividade, oxidação e capacidade de combustão (queima) entre outras. A substância pura água (H2O) possui ponto de ebulição a 1 atm igual a 100°, ponto de fusão a 1 atm igual a 0°, densidade a 1 atm e a 4°C igual a 1g/mL, é pouco reativa, é incolor, inodora, insípida e não entra em combustão. Qualquer outra substância que possuir diferença em uma dessas propriedades já não pode ser considerada água.

As substâncias puras ainda podem ser classificadas em simples e compostas. Por substância simples entendemos aquelas que são formadas por um único elemento químico. Preste atenção, isso não significa que ela possui apenas um átomo, mas sim que pode agregar vários átomos iguais, isolados ou em moléculas. O gás oxigênio (O2), o gás ozônio (O2), o gás hidrogênio (H2), o gás hélio (He), o gás cloro (Cl2), o ferro (Fe), o fósforo branco (P4), o fósforo vermelho (Pn – “n” indica um número indeterminado de átomos), são exemplos de substâncias simples.

Repare que elementos como o oxigênio (O) e o fósforo (P) formam substâncias diferentes ao se agregarem em moléculas com quantidades diferentes de átomos. O nome desse fenômeno é alotropia. Essas substâncias diferentes formadas pelo mesmo tipo de átomo são denominadas variedades alotrópicas de um elemento. Essas variações podem ocorrer tanto pela diferença no número de átomos (atomicidade) quanto pelo arranjo desses átomos. O oxigênio (O), por exemplo, quando se une em dois a dois (O2) forma o gás oxigênio e quando se une em três a três (O3), forma o gás ozônio. Já o caso do carbono é muito curioso pois a diferença se dá no arranjo dos átomos. Moléculas de carbono (Cn) podem dar origem ao tanto ao diamante (caracterizado pela dureza, podendo riscar qualquer outra substância natural ao mesmo tempo que em não pode ser riscado por nenhuma delas), quanto a grafita que possui dureza muito insignificantes perto do diamante, sendo usada até como lubrificante de engrenagens. E dá pra transformar grafita em diamante? Infelizmente, não. Se você tiver alguns milhões de anos disponíveis, você até consegue esperar a transformação. Uma pena para as populações que sofrem com a violência onde há garimpo de diamantes, como em algumas regiões da África.


SÍNTESE:


ELEMENTO → átomos iguais → SÍMBOLO

Ex: Zn, Ar, S, H


SUBSTÂNCIA → moléculas iguais → FÓRMULA

Ex:  H2 P4 (simples) ;  H2O, C12H22O11  (composta)


MISTURA → moléculas diferentes ou átomos diferentes não ligados.
Ex: N2 e O2 (ar) ;  Zn e Cu (latão)


ALOTROPIA (definição)

UM ELEMENTO → substâncias simples diferentes













Propriedades físicas: diferentes
Propriedades químicas: semelhantes 

Espécie mais estável

  + abundante
  +duradoura
  - reativa
  - energética

5 comentários:

Anônimo disse...

Por enquanto ainda nao entendo mt, mt cooisa naao, mais ... rs .

Anônimo disse...

achei a explicação de vcs boa !!

julio disse...

releia duas ou trez vzs que voce conseguira entender bem melhor uma dica ah todos

Anônimo disse...

Adorei, excelente!!!

Anônimo disse...

Oitava linha, quarta parte do texto, a um erro na frase:

"ao tanto ao diamante", há um "ao" a mais...

Belo site, o frequento diariamente.

Postar um comentário