Pesquisar este blog

Íons

Você aprendeu no tópico sobre a estrutura do átomo que quando um átomo está eletricamente neutro o número de prótons do seu núcleo é igual ao número de elétrons da sua eletrosfera. Acontece que este átomo nem sempre está em uma situação estável quando eletricamente neutro. Na verdade somente os gases nobres desfrutam dessa posição. É analisando a configuração dos gases nobres que chegamos à conclusão de que estar estável para um átomo é, na grande maioria dos casos, ter oito elétrons na sua camada de valência, a última camada de sua eletrosfera.

Vamos analisar a distribuição dos elétrons do átomo de sódio e do átomo de cloro. Em seu estado neutro, o átomo de sódio possui 11 prótons e 11 elétrons, e o de cloro 17 prótons e 17 elétrons.
Repare que o sódio tem um único elétron na sua última camada (M) e que o cloro tem apenas sete elétrons na sua camada de valência (M). Para adquirir estabilidade, o que é mais fácil para o sódio, ganhar mais sete elétrons ou doar seu único elétron? É claro que é mais fácil ele doar seu elétron da última camada e ficar estável. E quanto ao cloro, o que é mais fácil de acontecer para que ele adquira estabilidade? Receber mais um elétron para que sua última camada se complete.

Agora, pense bem! Ao doar um elétron, o sódio ficará com 11 prótons e 10 elétrons, ou seja, a quantidade de carga positiva (próton) no átomo de sódio será maior do que a de carga negativa (elétron). O átomo sairá, então, de seu estado neutro, pois ficará carregado positivamente. Já o cloro, ao ganhar um elétron, ficará com 17 prótons e 18 elétrons, tornando-se um átomo carregado negativamente. 

A esses átomos carregados damos o nome de íons e ao processo em que um átomo ou molécula ganha ou perde elétrons damos o nome de ionização. Além disso, sempre que se forma um íon, dizemos que o átomo está ionizado. 

Os íons são representados pela indicação subíndice do número de elétrons cedido ou recebido acompanhado dos sinais de mais ou menos no canto direito superior do símbolo do elemento. Quando o número de elétrons for 1, colocamos apenas o sinal correspondente. Exemplos:

Íon sódio: Na+

Íon cloro: Cl-

Quando os íons formam compostos iônicos, estes se tornam eletricamente neutros, pois possuem cargas opostas que se anulam no composto. Porém, os íons em si são reativos e instáveis.

Parece coisa de outro mundo? Mas não é não. Um exemplo de composto iônico imprescindível para qualquer cozinha é o que se forma com os íons de sódio e cloro: o cloreto de sódio (NaCl), mais conhecido como sal de cozinha.

De acordo com a carga do íon, podemos classificá-lo em cátion ou ânion:

Cátion: dizemos que um íon é um cátion quando ele perde elétrons e fica carregado positivamente (ex: Na+).

Ânion: dizemos que um íon é um ânion quando ele ganha elétrons e fica carregado negativamente (ex: Cl-).

ATENÇÃO: Na fórmula do composto iônico o cátion vem sempre antes do ânion. Vamos ver mais alguns exemplos de íons e compostos iônicos:
Você já deve ter percebido que uma maneira fácil de saber a quantidade de átomos de cada elemento necessária para formar o composto, de forma que as cargas se igualem, é traçar um “x” imaginário e inverter o número das cargas, como na ilustração abaixo:

Agora que você já entendeu o que são íons, fica fácil saber como alguns compostos se formam. Como você pôde notar, os cátions e os ânions se atraem para trocarem elétrons e adquirirem estabilidade. A esta ligação química em que há troca de elétrons chamamos ligação iônica. Veja mais detalhes sobre este tipo de ligação no próximo tópico!

Observe no simulador abaixo, o comportamento dos íons de se repelirem quando têm a mesma carga e de se atraírem quando possuem cargas opostas. Você pode brincar com o simulador alterando o número de cátions e ânions na barra de rolagem:

Fonte: http://www.chem.arizona.edu/chemt/Flash/ionic.swf

4 comentários:

Anônimo disse...

gostei :)

Anônimo disse...

É O PRIMEIRO ANO QUE LECIONO COM OITA SERIE,SENDO QUE ESTOU LECIONANDO FORA DA MINHAA AREA .ADOREI,O CONTEUDO ESTA BEM OBJETIVO E CLARO PERFEITO PARA AUXILAR NAS MINHAS AULA ..........

Anônimo disse...

anonimo ñ gostei.....

Anônimo disse...

muito interressante este conteudo,gostei.

Postar um comentário