Pesquisar este blog

Meiose

A meiose é um tipo especial de divisão celular que ocorre apenas na gametogênese, para a formação dos espermatozoides e dos óvulos. Na meiose, ao final da divisão, as quatro células-filhas terão apenas metade do material genético da célula-mãe que as deu origem.

Isso faz sentido se pensarmos que todos os humanos, por exemplo, possuem a mesma quantidade de cromossomos, 46 em suas células somáticas. Se nossos gametas tivessem 46 cromossomos cada, nossos filhos teriam 92 cromossomos e nossos netos o dobro, 184! Mas não é isso que observamos no nosso dia-a-dia. Para manter a mesma quantidade de DNA ao longo das gerações nossos gametas sempre terão metade do DNA, no caso 23 cromossomos, que unidos com o gameta correspondente retornarão a 46 cromossomos, número característico da nossa espécie. E isso não se aplica só a humanos – todos os seres vivos que apresentam gametas e reprodução sexuada se comportam da mesma forma.

A meiose é como se fossem duas mitoses seguidas (para facilitar seu estudo, leia o tópico de mitose antes de prosseguir este), com algumas peculiaridades. Aqui, chamamos essas duas etapas de Meiose I e II. Na meiose I ocorre a separação dos cromossomos homólogos e na II das cromátides irmãs. Eu sei que vocês já sabem o que são cromátides-irmãs porque leram o tópico de mitose, mas o que são cromossomos homólogos? Nós possuímos 46 cromossomos que formam na verdade 23 pares, sendo que um dos cromossomos do par veio de nosso pai e um de nossa mãe. Então temos dois cromossomos número 1, dois número 2, dois número 3 e assim por diante. O cromossomo nº1 que veio de nossa mãe é homólogo ao cromossomo nº1 que veio do nosso pai (Veja o cariótipo humano na figura ao lado e a foto de “pintura cromossômica” no tópico Estrutura do DNA – cromossomos). Homólogo não quer dizer igualzinho: quer dizer que os cromossomos possuem regiões conservadas e os mesmos genes para uma determinada característica, mas com variações, por exemplo o cromossomo 1 da mãe pode ter o gene para cor de olhos azuis enquanto do pai para cor de olhos castanhos.


Vamos então entender todas as fases da meiose. Note a grande semelhança com a mitose.

Prófase I – Espiralização da cromatina já duplicada na intérfase, emparelhamento dos cromossomos homólogos e possível permutação ou crossing over*.

Metáfase I- Cromossomos homólogos emparelhados no equador (meio) celular

Anáfase I – Encurtamento das fibras do fuso e separação dos cromossomos homólogos

Telófase I - desespiralização dos cromossomos, formação da carioteca e divisão do citoplasma

Prófase II - Nova espiralização dos cromossomos e ligação às fibras do fuso.

Metáfase II - Cromátides-irmãs emparelhadas no equador (meio) celular

Anáfase II - bipartição dos centrômeros e separação das cromátides irmãs

Telófase II - reorganização do núcleo, desespiralização dos cromossomos e divisão do citoplasma

*Crossing over, ou permutação, é a troca de fragmentos entre cromossomos homólogos. Isso faz gerar uma diversidade ainda maior ao longo das gerações, pois os cromossomos, que tinham origens diferentes acabam “se misturando” e formando cromossomos com características únicas.

A figura abaixo esquematiza bem todas as fases da mitose. Atente que na primeira separação são dos cromossomos homólogos e na segunda das cromátides irmãs.


Ao final de uma meiose temos 4 células com metade do DNA da célula-mãe, enquanto na mitose o resultado final são 2 células-filhas idênticas à célula-mãe.

Assista ao vídeo abaixo para entender melhor esta aula. O áudio está em inglês, mas a animação é muito boa e fácil de entender.
Outro vídeo interessante que compara mitose com meiose
Vamos lá. Quais as diferenças principais entre mitose e meiose?
1- Quantidade de DNA final: na mitose o mesmo que a célula-mãe e na meiose metade (lembre-se: meiose – divide ao meio o DNA)

2- Quais células sofrem essas divisões: células germinativas no caso da meiose e somáticas no caso da mitose

3- Fases: duas etapas de 4 fases cada na meiose e 1 etapa de 4 fases na mitose

4- Formação de diversidade cromossômica; SÓ na meiose, através do crossing over

5- Separação dos cromossomos homólogos: SÓ na meiose

6- Separação das cromátides-irmãs: na mitose e na meiose (etapa II)

7- Formação de gametas para reprodução sexuada: meiose

8- Formação de novas células por reprodução assexuada: mitose

Um comentário:

laura luíza santos . disse...

Muito bom, realmente me ajudou no meu trabalho de ciências !

Postar um comentário