Pesquisar este blog

Carregando...

Gametogênese

A gametogênese é a produção de células sexuais, os gametas, que, no ser humano, podem ser de dois tipos: espermatozoides ou óvulos.

A gametogênese masculina, para a produção de espermatozoides, é chamada de espermatogênese, e ocorre nos testículos, iniciando durante a fase embrionária. As células de origem são as espermatogônias, que se multiplicam por mitose. Na puberdade essas células maturam para espermatócitos primários que entram em meiose. Após a meiose I as células são chamadas de espermatócitos secundários, que sofrerão a meiose II e darão origem a 4 células haplóides (com metade do material genético), chamadas de espermátides. Essas células ainda não tem aquele jeitão característico de um espermatozoide e por isso passam por uma fase de espermiogênese, para finalmente formar os espermatozoides.

A gametogênese feminina, para a produção de óvulos, é chamada de ovulogênese, ovogênese ou oogênese, e ocorre nos ovários. Ao contrário dos homens, no qual as espermatogônias sofrem mitose durante toda a vida, nas mulheres as ovogônias sofrem mitose apenas na fase embrionária, portanto a menina já nasce com um número limitado dessas células precursoras. Logo após sua formação, as ovogônias já entram em meiose, que é interrompida na prófase I. Do nascimento até a puberdade, essas ovogônias crescem e amadurecem, formando os ovócitos primários. Durante a puberdade, um ovócito por mês terminará a meiose formando um ovócito secundário (célula grande) e um corpúsculo polar (célula pequena) que se degenera. Ao final da meiose o ovócito secundário da origem ao óvulo e ao segundo corpúsculo polar. No final da ovulogênese, portanto forma-se apenas um gameta funcional para cada ovócito primário que entra em meiose.

Na verdade o ovócito secundário só vira óvulo se ocorrer a fecundação, então poderíamos dizer que o gameta feminino na verdade é o ovócito secundário.

Note que os nomes dos diferentes estágios são muito semelhantes nas duas gametogêneses apresentadas. Há algumas diferenças fundamentais, como:
  • O homem produz espermatozoides por toda sua vida, enquanto a mulher já nasce com um número limitado de óvulos que poderá maturar;
  • Para cada espermatócito primário são gerados quatro espermatozoides, enquanto que para ovócito primário é gerado apenas um óvulo;
  • Enquanto o espermatozoide sofre uma diferenciação para apresentar as características celulares únicas, como pouco citoplasma, muitas mitocôndrias, acrossomo e cauda, os óvulos já vão sendo formados durante a ovulogênese, apresentando como característica grande acúmulo de nutrientes;
  • Apenas os ovogônias iniciam a meiose ainda durante a idade fetal.
No final os gametas se unem através da fertilização para formar uma nova vida. Esse momento pode ser visto na foto de microscopia eletrônica de varredura colorida artificialmente abaixo, sendo que o óvulo está em laranja e o espermatozoide em azul. Note a grande diferença de tamanho entre óvulo e espermatozoide.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tá muito boa a explicação e o desenho tá maravilhoso!!! Adorei

Anônimo disse...

Boa noite apenas queria fazer uma pequena correcção na espermatogenese, os espermatideos resultantes da 2 divisão meiose com 23 cromossomas cada um com 1 cromatideo vai dar origem na fase de diferenciação ou espermiogenese ,a uma célula haplóide que é o espermatozóide

Postar um comentário