Pesquisar este blog

Carregando...

Heredograma

Para entendermos melhor a genética, podemos representar determinadas características em heredogramas. Um heredograma é uma árvore genealógica que mostra uma história familiar.

Nos heredogramas é representado apenas o fenótipo do indivíduo, e cabe a nós descobrir se é um caráter dominante ou recessivo, e se os indivíduos representados são homo ou heterozigotos.

Primeiramente temos que entender melhor a diferença entre homozigotos e heterozigotos. Homozigotos são os indivíduos que apresentam alelos iguais para determinada característica, podendo ser homozigoto dominante quando os dois alelos são dominantes ou homozigoto recessivo quando os dois alelos presentes são dominantes. Heterozigotos são os indivíduos híbridos, que apresentam um alelo dominante e um alelo recessivo.

Agora temos que saber também o que é um caráter dominante ou recessivo. Vocês se lembram da aula da 1ª lei de Mendel? Naquele caso o caráter semente amarela era dominante sobre o caráter semente verde. Um caráter dominante está presente em todas as gerações, pois a presença do alelo dominante já significa a manifestação do fenótipo associado. Já um caráter recessivo pode pular gerações, pois a presença de um alelo em um indivíduo pode passar despercebido por estar mascarado pelo alelo dominante.

Vamos alguns exemplos para esclarecer o assunto. Abaixo está o heredograma de uma família representando uma doença hereditária. Ela é dominante ou recessiva?

Pelo heredograma podemos dizer que a doença em questão (em preto) é dominante, pois está presente em todas as gerações. Podemos observar que a característica normal pula gerações, surgindo no indivíduo 14 que possui pais com a doença, mostrando que o normal é o recessivo. Podemos inferir então que os indivíduos 1, 4, 7, 12 e 13 são heterozigotos, pois só assim é possível que haja filhos homozigotos recessivos, já que é necessário um alelo recessivo vindo de cada parental.

Vamos a outro exemplo. A característica abaixo é dominante ou recessiva?

A característica é recessiva, pois ela “surge” de pais que não possuem o fenótipo em questão, mas que carregam os alelos recessivos. Por isso podemos dizer que os indivíduos 1, 2, 3 e 4 são heterozigotos. Todos os indivíduos afetados são homozigotos recessivos.

Será que você já está craque em decifrar heredogramas? A doença abaixo,é de caráter dominante ou recessivo?

Se você pensou dominante, acertou! Porque filhos afetados possuem sempre pais afetados e, portanto, a característica não “pula” gerações.

Algumas características já sabemos “de cara” que são dominantes simplesmente pela observação cotidiana, como por exemplo cabelo crespo é dominante sobre cabelo liso, pele pigmentada é dominante dobre pele albina, destro sobre canhoto, assim como muitas outras.

Todos os exemplos são de doenças ou características monogênicas, ou seja, que são causadas por um único gene, e que possuem somente dois alelos envolvidos. Existem heredogramas mais sofisticados, que consideram mais genes ou mais alelos, mas vamos deixar esse assunto para uma próxima aula.


6 comentários:

Anônimo disse...

ótima ''aula'' irei tirar 10 amanhã kkkkk

Anônimo disse...

Boa explicação

ailime disse...

eu não entendi peste nenhuma kkkkk

Anônimo disse...

muito legal ...

Vera Lucia Laurentino disse...

Que droga!!isso não entra na minha cabeça

Junio Guilherme disse...

Biologia e muito chato em especial genética...

Postar um comentário