Pesquisar este blog

Carregando...

Sangue: Sistema Rh

O sistema Rh é determinado pela presença do fator Rh nas hemácias (glóbulos vermelhos do sangue), podendo a pessoa possuir esse fator, e ser denominada Rh+, ou não possuir, e ser denominada de Rh-.

Assim como o sistema ABO, esse sistema foi descoberto por sua importância em transfusões sanguíneas, já que indivíduos Rh- produzem anticorpos anti-Rh que reagem com as hemácias do sangue transplantado de um indivíduo Rh+.

O tipo de herança genética é monogênica com dominância, onde o fenótipo dominante é o Rh+ e o recessivo o Rh-.

Esse sistema é muito importante na doença hemolítica do recém-nascido, ou eritroblastose fetal. Nela, mulheres gestantes de fenótipo Rh- podem produzir e passar anticorpos anti-Rh para seus filhos durante a gestação. Se a criança for Rh+ (se o pai for Rh+), esses anticorpos irão causar a destruição maciça dos glóbulos vermelhos do bebê. O tratamento é realizado é transfusão sanguínea no feto com substituição total do sangue Rh+ por Rh-. Com o tempo ocorre a substituição dessas hemácias, voltando a criança a ser Rh+.

A mãe pode receber após o primeiro parto anticorpos anti-Rh que destruirão as hemácias do feto antes que ela monte uma resposta imune, e assim ela não irá ter anticorpos pronto caso engravide novamente de um filho Rh-.

3 comentários:

Anônimo disse...

ainda bem que encontrei este site, senão não conseguia acabar o meu trabalho de ciencias!!! OBRIGADO!!!!!!

:) <3 :)

Anônimo disse...

ainda bem que encontrei essa pagina pra mim pesquisar meu trabalho obg

Anônimo disse...

esse site sauvol mel trabalho de ciencias mas foi passado pela menina mas esperta da sala eu obg :) :3 :* :+

Postar um comentário