Pesquisar este blog

Carregando...

Sais – reação de neutralização

Quando falamos em “sais” você provavelmente deve pensar naquele tempero comum e indispensável da sua cozinha, o famoso “sal de cozinha”, quimicamente chamado de cloreto de sódio. Voltando um pouco mais no tempo, você vai se lembrar que antes da invenção dos refrigeradores o sal de cozinha exercia uma função importantíssima para a época, a de conservar os alimentos. Voltando ainda mais no tempo, poderá descobrir que o cloreto de sódio já foi inclusive utilizado como forma de pagamento, o que deu origem à palavra “salário”.

O sal foi e é realmente muito importante, mas quando usamos essa palavra na química não estamos nos referindo a esse conhecido sal que você tanto usa no dia-a-dia. Em química, chamamos de sais compostos que podem ser agrupados por apresentarem um comportamento semelhente entre si, como as bases e os ácidos. Portanto, a partir de agora, você passará a entender que sal é o nome de uma função inorgânica que agrupa uma série de compostos, entre eles o sal de cozinha ou cloreto de sódio.

Visto isso, vamos entender que características definem alguns compostos inorgânicos como sais.

• Conceito teórico de sal:
Segundo Arrhenius, sal é todo composto iônico que possui um cátion proveniente de uma base e um ânion proveniente de um ácido.

• Conceito prático de sal:
Sal é todo composto formado, juntamente com a água, a partir de uma reação entre uma base e um ácido.

Exemplo: cloreto de sódio ou sal de cozinha

A essa reação em que um ácido mais uma base formam sal e água chamamos “reação de neutralização”. Voltaremos a falar dela mais a diante.

Por serem compostos iônicos, os sais sofrem dissociação em água, como demonstramos abaixo tomando novamente como exemplo o cloreto de sódio:

Reação de neutralização:

Se adicionarmos a uma solução de hidróxido de sódio (soda cáustica) o indicador fenolftaleína, vamos observar que a coloração da solução ficará avermelhada. Ao adicionarmos a esta solução avermelhada um pouco de vinagre, a solução ficará incolor. O que ocorreu nesse experimento foi uma reação de neutralização. O vinagre, meio ácido, ao ser adicionado à solução de hidróxido de sódio, meio básico, neutralizou-o.

Vamos ver como isso acontece, mas, antes, alguns conceitos de Arrhenius serão importantes para você compreender como a reação de neutralização ocorre:

1. Ácidos são compostos moleculares, ou seja, covalentes, que, em solução aquosa, se ionizam. Sendo assim, o ácido acético (CH3COOH) do vinagre ioniza-se em presença de água fomando os íons H+ e CH3COO-.

2. Bases são compostos iônicos que, em solução aquosa, se dissociam. Dessa forma, o hidróxido de sódio (NaOH) em pesença da água dissocia-se formando os íons Na+ e OH-.

Relembrados esses conceitos, teremos, então, a seguinte reação entre o ácido acético e o hidróxido de sódio:

Notem que os íons Na+ e CH3COO- permaneceram inalterados no final do processo, o que indica que eles simplesmente não reagiram, ou seja, não participaram do processo. Dessa maneira, podemos resumir a equação acima, considerando apenas os íons que reagiram de fato, da seguinte forma:

Sendo assim, podemos dizer que a reação de neutralização acontece quando os íons H+ do ácido reagem com os íons OH- da base. É claro que aqui estamos partindo do conceito de ácido e base de Arrhenius, segundo o qual o que caracteriza um ácido é a presença do íon H+ e o que caracteriza uma base é a presença do íon OH-. Ora, se esses mesmos íons reagem entre si formando água, fica evidente a neutralização de ambos.

Voltando à nossa reação completa, observe que os íons que não reagiram foram o Na+ e o CH3COO-, íons esses que compõem a fórmula de um sal chamado acetato de sódio. Dessa forma, podemos concluir que a reação de neutralização consiste na reação de uma base com um ácido formando sal e água, ou seja:



Química nossa de casa dia....

O limão é uma frutra ácida, pois possui o ácido cítrico. Ao prepararem uma limonada é nomal que as pessoas acrescentem a ela um pouco de bicarbonato de sódio, uma base, a fim de que diminua a acidez do limão, deixando a limonada mais saborosa!

Da mesma forma, para que um molho de tomate não fique tão forte, usa-se acrescentar um pouco de leite, deixando-o menos ácido!

Nesses dois exemplos, o que ocorre nada mais é que uma reação de neutralização!

No próximo tópico, veremos como são nomeados os sais! Confira!!!

4 comentários:

Anônimo disse...

brinks é ótimooooooooooooooo!

Anônimo disse...

muito bom
gostei estava mesmo procurando experiências faceis para o meu seminario
obrigado
Alyne

Anônimo disse...

otima!!!

Anônimo disse...

gostei seminário

Postar um comentário