Pesquisar este blog

Carboidratos


Os carboidratos, ou glicídeos, são compostos orgânicos formados por carbono, hidrogênio e oxigênio cuja principal função biológica é a liberação de energia para as células, principalmente na forma de glicose. 

Os carboidratos são classificados como monossacarídeos, dissacarídeos e polissacarídeos, dependendo de seu tamanho.

Os monossacarídeos são os carboidratos mais simples, com 3 a 8 carbonos. São açúcares, solúveis em água. Neste grupo estão as pentoses ribose e desoxirribose que são base da composição de RNA e DNA, respectivamente. Neste grupo também estão as hexoses, como a glicose, que é a principal fonte de energia celular, produzida pela fotossíntese e presente no sangue, mel e tecido vegetais; a frutose, encontrada principalmente em frutas doces e também fornece energia; e a galactose, encontrada no leite e fonte de energia.




Os dissacarídeos, ou oligossacarídeos, são formados pela união de dois monossacarídeos, e também são

solúveis em água e adocicados. Como exemplo há a sacarose, formada pela união de uma frutose e uma glicose, formando o açúcar de cozinha usado rotineiramente. As fontes principais são a cana-de-açúcar e a beterraba.

Os polissacarídeos são os carboidratos mais complexos, formado pela união de muitos monossacarídeos, sendo o amido, o glicogênio e a celulose os mais conhecidos. O amido serve como reserva energética nos vegetais, como por exemplo, nas raízes das batatas e no trigo. O glicogênio serve como reserva energética nos animais, sendo sua síntese realizada no fígado. A celulose é um polissacarídeo com papel estrutural nas plantas.



Os carboidratos são importantes como reserva de energia que pode ser utilizada de maneira rápida, por exemplo, para pequenos esforços físicos. Além disso, o cérebro utiliza somente a glicose como fonte de energia e a falta desse composto, como em pessoas desnutridas, pode levar a uma série de problemas mentais. Apesar de importante e de paladar muito apreciado, o excesso de carboidratos é o principal vilão das dietas, pois o excesso de carboidratos é facilmente convertido em gordura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário