Pesquisar este blog

Carregando...

Doenças causadas por Platelmintos: Teníase


A teníase é uma doença causada por duas espécies pertencentes ao Filo Plathyhelminthes, a Taenia solium (tênia de porco) e a Taenia saginata (tênia de boi). Essa doença também é conhecida como solitária, porque só um verme costuma viver em um hospedeiro. 

O hospedeiro definitivo para as duas doenças é o homem, sendo hospedeiros intermediários o porco (T. solium) e o boi (T. saginata). O local de parasitismo é o intestino delgado, e o interessante é que esses animais, por serem parasitas obrigatórios, se alimentam do alimento digerido pelo hospedeiro e não possuem tubo digestório próprio. 


Esses vermes são achatados, em forma de fita, hermafroditas e podem atingir alguns metros de comprimento. A cabeça, situada na região anterior, chamada de escólex, é seguida de um curto pescoço e de uma série de “gomos”, os proglotes. Quanto mais próximos do escólex, mais imaturos são os proglotes. No meio do animal encontram-se os proglotes maturos, com testículos e ovários, e na região posterior os proglotes grávidos, que possuem inúmeros ovos embrionados.Os proglotes grávidos são liberados durante a evacuação, e, no solo, se rompem e liberam os ovos, chamados de oncosferas. No hospedeiro intermediário, boi ou porco, as oncosferas penetram o intestino e vão para a musculatura via corrente sanguínea, onde se desenvolvem os cisticercos. O homem é infectado quando ingere carne mal assada contendo esses cisticercos, popularmente conhecidos como “canjiquinhas”. Acompanhe todo o ciclo na figura abaixo:



O grande problema está quando o homem ingere os ovos ou proglotes grávidas (pode ser via água, frutas ou verduras contaminadas e até por auto-infestação), passando a ser o hospedeiro intermediário. Nesse caso, os ovos passam pela circulação e se alojam no cérebro, olhos, coração, pele ou músculos, causando grandes injúrias. Esse tipo de ciclo desses parasitas é conhecido como Cisticercose, e é mais observada a cisticercose por Taenia solium (de porco). O esquema abaixo ilustra como a cisticercose no porco é igual em humanos, pois estes passam a ser o hospedeiro intermediário. 


A prevenção dessas doenças consiste em medidas de saneamento básico, tratamento dos doentes, higienização de frutas e verduras e bom cozimento de carnes de boi e de porco. Há tratamento eficiente para a teníase, mas não há tratamento que reverta os danos causados pela cisticercose, principalmente os danos neurais, que podem levar a convulsões, desmaios, distúrbios psíquicos, paralisia e até a morte. Por fim, não esqueça que esses vermes são platelmintos e tem a característica marcante de serem achatados, como é possível obervar nas figuras a seguir:



Nenhum comentário:

Postar um comentário