Pesquisar este blog

Doenças causadas por Protozoários: Malária


A malária é uma doença causada por protozoários do gênero Plasmodium, sendo mais comuns as espécies Plasmodium vivax, Plasmodium malariae, Plasmodium falciparum e Plasmodium ovalae. 

O hospedeiro definitivo é o mosquito do gênero Anopheles, e o intermediário, o homem, no qual o parasitismo ocorre nos glóbulos vermelhos de sangue. Apenas as fêmeas do mosquito se alimentam de sangue humano, portanto são as transmissoras da doença. Abaixo é possível observar uma hemácea infectada por morozoítos. 



Uma característica da doença é a aparição de episódios de febre alta com calafrios, que ocorrem pela ruptura das hemáceas e liberação de toxinas produzidas pelo protozoário, e diferem de acordo com a espécie causadora. Para P. vivax, o ciclo se repete a cada 48h, e a malária é conhecida como terçã benigna; para P. malariae, o ciclo é de 72h, e a malária é conhecida como quartã; para P. falciparum, o ciclo é irregular, de aproximadamente 48h, e essa malária é conhecida como terçã maligna; e para P. ovalae, o ciclo dura 48h, com sintomas leves, e a infecção termina após 15 dias. 

O ciclo começa quando o homem é picado pelo mosquito, que contém formas infectantes do parasita, os esporozoítos, Estes se dirigem para o fígado, onde se multiplicam, formando os esquizontes, e depois se espalham pelo sangue na forma de merozoítos, invadindo as hemáceas, onde se transformam em trofozoítos, que se reproduzem assexuadamente, dando origem a novos merozoítos. Os merozoítos rompem as hemáceas e invadem novas hemáceas, repetindo o ciclo. Alguns merozoítos se transformam em gametócitos, e, quando sugados pelo mosquito, terminam o ciclo de reprodução sexuada em seu intestino. O resultado de reprodução é a formação de esporozoítos, que migram para a saliva do inseto. 



A prevenção é usar redes de proteção e inseticidas em áreas endêmicas, bem como repelentes. O tratamento é medicamentoso e obtém sucesso para a maioria das malárias. A malária causada por P. falciparum é a mais grave e pode levar à morte em poucos dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário