Pesquisar este blog

Filo Annelida


Os animais pertencentes ao Filo Annelida são chamados de anelídeos, e apresentam a marcante característica de corpo segmentado em forma de anéis. Cada segmento do corpo é chamado de metâmero, e por isso dizemos que o corpo dos anelídeos é metamerizado. Cada metâmero possui estruturas excretoras, nervosas e digestivas, e são separados um dos outros por septos. Este grupo e todos os demais grupos animais na escala evolutiva são celomados, ou seja, possuem a cavidade corporal, ou celoma, internamente revestido por mesoderme. 








O representante mais conhecido desse filo é a minhoca, que apresenta uma inovação fantástica dentre o reino animal: a presença de sistema circulatório fechado, formado pelos vasos sanguíneos dorsal e ventral e por corações laterais. O sangue é vermelho pela presença do pigmento. A troca gasosa ocorre através de difusão pela pele, que é revestida por uma cutícula fina, sempre mantida umedecida por glândulas espalhadas pela parede do corpo. 


O tubo digestivo é completo, contendo boca, faringe, esôfago, moela, intestino e ânus. No intestino há cecos intestinais, que são bolsas de fundo cego que aumentam a superfície para a absorção de nutrientes.


O sistema excretor é formado por metanefrídeos, pareados em cada metâmero. Cada metanefídeo possui um funil, o nefróstoma mergulhado na cavidade celomática, que absorve o líquido, reabsorve substâncias úteis e excreta ureia através de poros na parede lateral.


O sistema nervoso é formado por dois gânglios cerebroides na região da faringe, ligados a uma cadeia ganglionar ventral, com um par de gânglios a cada segmento. 

As minhocas são hermafroditas, ou seja, possuem ambos os sexos. Primeiramente ocorre a maturação dos espermatozoides, e na cópula dois animais transferem seus espermatozoides um para o outro, que ficam armazenados nos receptáculos seminais. Em seguida ocorre a maturação dos óvulos, na região do clitelo, que recebem os espermatozoides armazenados, formando um casulo mucoso externo, onde se desenvolve apenas um filhote.


Para saber sobre a classificação deste filo, veja a aula Filo Annelida 2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário