Pesquisar este blog

Fungos


Os fungos são organismos uni ou pluricelulares classificados dentro do Reino Fungi. Seus representantes mais conhecidos são os cogumelos, mofos, bolores e orelha-de-pau.

Muitos fungos são utilizados na indústria devido a fermentação alcoólica que eles realizam, sendo utilizados para a produção de etanol, cerveja, vinho, cachação, pão, etc.
Os fungos podem ser unicelulares, e, portanto, microscópicos, ou podem ser pluricelulares, que são constituídos pelo corpo de frutificação e pelo micélio. Os corpos de frutificação são o local onde ocorre a reprodução, e o micélio, formado por um conjunto de filamentos,as hifas, é responsável pela sustentação.



Todo fungo é heterotrófico, ou seja, precisa retirar seu alimento do meio. As hifas liberam enzimas digestivas no meio, ocorrendo uma digestão extracelular, tornando as partículas de alimentos pequenas o suficiente para serem consumidas pelo fungo.

Assim como as bactérias, os fungos têm importância na cadeia alimentar, atuando como decompositores. Alguns fungos são comestíveis e muito apreciados, principalmente na cozinha oriental. 

Alguns fungos sobrevivem associados a algas, formando os liquens, que se fixam no tronco das árvores. As algas contribuem com o alimento para o fungo obtido por fotossíntese, enquanto o fungo fornece proteção e umidade necessárias para a sobrevivência da alga.



A reprodução dos fungos ocorre tanto de maneira assexuada como sexuada. A reprodução assexuada se dá por brotamento (formação de brotos), fragmentação (partição do micélio) ou esporulação (produção de esporos, ou conidiósporos, por mitose). A reprodução sexuada se dá através de meiose para a produção de esporos haplóides, que germinaram em hifas que se fundem, como se fosse a fusão de gametas na fecundação animal.




Nenhum comentário:

Postar um comentário