Pesquisar este blog

Proteínas


As proteínas são compostos indispensáveis para a nossa existência. Muitas possuem papel estrutural e atuam no crescimento, são componentes das membranas plasmáticas, organelas citoplasmáticas, citoesqueleto, cromossomos, etc.

As enzimas, uma classe especial de proteínas, são essenciais para todas as reações bioquímicas que ocorrem nas nossas células. Sem proteínas não seria possível manter o metabolismo compatível com a vida (veja também a aula Enzimas). 

As proteínas também atuam na defesa contra agentes infecciosos, como bactérias, na forma de anticorpos, produzidos pelo nosso sistema imune (veja também a aula Antígenos e anticorpos). Além disso, alguns hormônios também são proteínas. 

As proteínas são formadas pela combinação entre até 20 aminoácidos diferentes em sequências específicas. Cada aminoácido é formado por uma carboxila, uma amina, um hidrogênio e um radical, que é o que difere entre os diferentes aminoácidos. 



A ligação entre os aminoácidos é chamada de ligação peptídica. As proteínas de pequeno porte, até 70 aminoácidos são denominadas peptídeos, e apenas as maiores de proteínas.

Dos 20 aminoácidos que possuímos como tijolos para a montagem das proteínas, apenas 12 nosso organismo consegue sintetizar, e são chamados de aminoácidos naturais. Os outros oito devem ser ingeridos na alimentação e são ditos essenciais. 

Quando produzidas (veja a aula Replicação, Transcrição e Tradução), as enzima apresentam uma conformação primária, linear, que se enovela até formar a formação terciária ou quaternária, que são funcionais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário