Pesquisar este blog

Reino Protista 1


O Reino Protista, ou Protozoa, é formado pelos eucariotos mais simples existentes no planeta, sendo unicelulares, geralmente microscópicos, heterotróficos, podendo formar colônias. Vivem em variados tipos de habitat, desde aquático até terrestre. Neste grupo também se encontram as algas eucariontes, que no caso são autotróficas. Nesta aula iremos focar no primeiro grupo de organismos citados.

A complexidade da célula de um protozoário é tão grande que desempenha todas as funções que tecidos e órgãos realizam em um ser pluricelular complexo. Por exemplo, esses organismos são capazes de locomoção, respiração, excreção, reprodução e relacionamento com o ambiente. Muitos representantes deste filo adotam a vida parasitária, mas há também os de vida livre e os que vivem em simbiose. 

Os protozoários são divididos em Classes de acordo com seu tipo de locomoção: 


Alguns protozoários, como as amebas, possuem um vacúolo pulsátil, que apresenta função osmorreguladora, removendo o excesso de água que entra na célula. Nos ciliados, há dois vacúolos pulsáteis, que funcionam alternadamente e efetuam a regulação osmótica do organismo.

Os ciliados já apresentam sulco oral para ingestão de alimentos, e poro anal para a expulsão dos restos alimentares.

A reprodução é por divisão binária na maioria dos protozoários, mas também pode ocorrer a conjunção em ciliados, onde o micronúcleo é transmitido entre indivíduos, um processo semelhante a conjungação das bactérias. 

Dentro desse reino também se encontram protozoários com esqueleto constituído de calcário, denominados foraminíferos, que apresentam muitas formas variadas, como ilustrado na figura abaixo:






Nenhum comentário:

Postar um comentário