Pesquisar este blog

Sangue



O sangue é um líquido aparentemente homogêneo que circula no interior dos vasos sanguíneos, fazendo parte do sistema circulatório. Possui também grande importância nas trocas gasosas realizadas pelo sistema respiratório e distribuição dos nutrientes do sistema digestivo. Além dessas funções o sangue apresenta inúmeras outras particularidades, que serão discutidas nessa aula, vamos lá? 


Quando fazemos um exame de sangue podemos reparar que são contabilizadas inúmeras células diferentes, e que todas elas estão presentes no sangue. Vamos falar primeiro dos glóbulos brancos, ou leucócitos, que são células do nosso sistema imune indispensáveis para nossa defesa contra bactérias, fungos, parasitas e vírus. Na tabela abaixo podemos observar que há uma variação normal de número de células, e que a nossa contagem deve cair dentro da referência, por exemplo, o normal é ter de 4300 a 10000 leucócitos por mm3, e a pessoa tem 8100, então está dentro dos parâmetros normais.


Os leucócitos são divididos em neutrófilos, eosinófilos, basófilos, linfócitos e monócitos e suas funções estão descritas abaixo: 


No exemplo de exame de sangue acima, vemos também que são contabilizadas a quantidade de plaquetas. As plaquetas são na verdade fragmentos de uma célula bem grande, chamada de megacariócito, e que atuam no processo de coagulação do sangue.

Além dos glóbulos brancos, temos os glóbulos vermelhos do sangue, também chamados de eritrócitos, ou hemáceas, que são células sem núcleo, fundamentais no processo respiratório, pois apresentam um tipo especial de proteína, a hemoglobina, que apresenta grande afinidade por oxigênio e gás carbônico. Quando, numa região, há mais hemoglobinas ligadas ao gás carbônico, dizemos que o sangue é venoso, e quando há mais hemoglobinas ligadas ao oxigênio, dizemos que o sangue é arterial. 

Observe na foto de microscopia de varredura as hemáceas dentro de um vaso sanguíneo.



Além das células do sangue, o sangue também transporta muitas proteínas, carboidratos, lipídeos, toxinas, hormônios e moléculas essenciais para a comunicação e o funcionamento de todas as células do nosso organismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário